planejamento de marketing para corretoras
Corretora de seguros, Corretoras de saúde, Inovação

Como fazer um planejamento de marketing para corretoras de seguros

O planejamento de marketing para corretoras de seguros está entre os principais investimentos que um gestor deve fazer para ampliar as suas oportunidades comerciais. Um marketing estratégico serve como guia para que uma empresa tome ações práticas, sempre pensando em atingir objetivos específicos.

O planejamento de marketing precisa documentar dados relacionados ao público, mercado, concorrentes, métodos de publicidade e plataformas digitais. Entre tudo que deve ser documentado, podem surgir dúvidas sobre quais estratégias são ou não relevantes para o seu seguimento.

Para simplificar o tema, no artigo de hoje falaremos sobre como elaborar um planejamento para a sua corretora, mostrando vantagens do marketing tradicional e do digital, além de trazer algumas dicas para aplicar na sua corretora. Veja só:

O que podemos aprender com o Marketing Tradicional?

Hoje em dia, a maior parte das atividades dos consumidores é feita através de dispositivos e plataformas digitais, mas o marketing tradicional ainda tem a sua importância — mesmo que tenha perdido bastante espaço com a chegada do marketing digital. 

Para quem quer apostar nessa estratégia, uma boa forma de iniciar o seu planejamento é partir do conceito dos 4 Ps, que resume os quatro pilares fundamentais para qualquer estratégia de marketing, todos começando pela letra P. Confira quais são:

Produto (ou serviço)

De forma objetiva, o produto é tudo aquilo que se disponibiliza para o consumidor. Na estratégia dos 4 Ps, ter essa definição significa entender o que a gestão da sua corretora precisa para se destacar da concorrência e conquistar clientes. 

Ou seja, para se sobressair no mercado, você precisa entender porquê o seu serviço é único. Para isso, também é necessário avaliar:

  • A variedade de opções oferecidas;
  • O nível de qualidade em relação a outras corretoras do mercado;
  • Características gerais do serviços;
  • Política de garantia;
  • Formas de atendimento.

Promoção

Representa o conjunto de ações que têm o objetivo de divulgar a sua corretora e o que ela oferece. Você pode apostar em diversas estratégias diferentes, como inbound marketing, outbound marketing, marketing de conteúdo, SEO, redes sociais e muitas outras.

As opções para isso são incontáveis, e o que determina essa escolha é a sua persona, o perfil ideal de cliente. Veja algumas questões importantes a serem definidas para o item de promoção:

  • Canais que o seu público utiliza para consumir informações;
  • Períodos favoráveis para promover a sua corretora;
  • Descontos e condições especiais oferecidos;
  • Credibilidade e imagem da empresa;
  • Técnicas de promoção da sua corretora;
  • Relações com parceiros e clientes.

Praça (ou pontos)

O nome “praça” pode parecer estranho e nem sempre é compreendido, mas o seu significado dentro de um marketing estratégico é o de lugar, ou seja, onde o Produto é oferecido.

Definir a sua praça corretamente significa disponibilizar o seu produto onde o seu cliente está procurando por ele. Para fazer isso de maneira eficiente, é importante saber:

  • Quais são os pontos de atendimento físico/virtual;
  • Qual é a abrangência territorial da sua corretora;
  • Quais são os canais de distribuição da sua empresa;
  • Quais são as praças definidas pela concorrência; 

Preço

Uma das leis fundamentais para uma boa gestão é ter um preço de venda não tão baixo para achatar a margem de lucro e inviabilizar a empresa, mas não tão alto a ponto de assustar os clientes e prejudicar o faturamento.

A definição de um bom preço passa pela pesquisa de mercado, observação da concorrência e pelo entendimento de quanto a sua persona está disposta a pagar. Para isso, a sua corretora deve definir:

  • Qual é o menor valor viável para a sua venda de seguros;
  • Qual é o maior valor aceitável pelo mercado para a sua venda de seguros;
  • Quais são as formas e condições de pagamento;
  • O preço para a contratação do serviço.

O que podemos aprender com os 4 Ps do Marketing

Por trás da teoria dos 4 Ps, a ideia é que, estudando o Produto, Promoção, Praça e Preço da sua empresa, seja possível planejar e executar ações que aproximem a corretora dos seus objetivos.

Saber como a sua corretora se encaixa dentro dessas 4 áreas é um excelente primeiro passo para identificar os seus diferenciais e explorá-los para se destacar e conquistar mais clientes.

Essa estratégia também é muito utilizada para que gestores consigam identificar a posição dos serviços da sua empresa em relação ao mercado e qual é a melhor abordagem de marketing para a corretora. Veja um exemplo de como isso é feito de acordo com a equação abaixo:

Nível de qualidade + faixa de preço = estratégia mais adequada

  • Alta + Alto = serviço/produto premium
  • Alta + Médio = geração de valor
  • Alta + Baixo = valor supremo
  • Média + Alto = preço alto
  • Média + Médio = preço médio
  • Média + Baixo = valor médio
  • Baixa + Alto = desconto
  • Baixa + Médio = falsa economia
  • Baixa + Baixo = economia
marketing estratégico para corretora de seguros

Marketing Digital

O marketing digital compõe inúmeras estratégias que têm como objetivo fortalecer a presença online de uma empresa, se aproximar dos consumidores e aumentar a produtividade de vendas.

Para atingir esses objetivos, a corretora de seguros deve contar com profissionais capacitados e uma estratégia bem estabelecida para campanhas e comunicações virtuais.

O que traz resultados

Um marketing estratégico para corretoras de seguros deve, de forma geral, ser direcionado para a geração de leads, ou seja, para identificar pessoas interessadas em algum tema relacionado aos serviços oferecidos. Um usuário é chamado de “lead” quando deixa dados pessoais em páginas denominadas “landing pages”.

Outra forma de captar clientes pelo marketing digital é através da oferta de diversos tipos diferentes de materiais, como ebooks interativos, guias online e outros conteúdos. Essa é uma forma muito eficiente de coletar informações, porque o usuário que se interessar por algum tema retratado poderá acessá-lo em troca de fornecer alguns dados pessoais para contato.

A jornada descrita acima descreve uma conversão, ou seja, um visitante é transformado em lead qualificado. Isso significa que esse lead pode ser abordado posteriormente pela equipe de vendas, que vai averiguar o que ele achou do conteúdo, se já tem um seguro condizente ou tem vontade de contratar um.

Isso tudo serve para mostrar, também, como é essencial manter uma boa integração entre as equipes de marketing e vendas para todos esses processos funcionarem.

O que não traz resultados

Contratar uma agência só para fazer publicações nas redes sociais da corretora não é uma estratégia que angaria muitos clientes e acaba sendo um erro frequente entre as empresas. Isso também se dá pelo fato que atualizar Facebook e Instagram não é o principal método de aplicar o marketing digital para corretoras de seguros.

Como planejar o marketing estratégico da sua corretora de seguros

É importante saber de onde estamos partindo e onde queremos chegar para direcionar nosso caminho. Para quem não sabe onde chegar ou de onde está partindo, é fácil se perder em um caminho qualquer e não chegar a lugar nenhum. 

Pensando nisso, veja um passo a passo simples para elaborar uma estratégia de marketing:

  • Defina a sua persona – as novas estratégias de marketing da sua corretora devem ser feitas com base no perfil de uma persona, que pode ser representada por um personagem fictício com as características do seu cliente ideal.
  • Escolha seus canais de veiculação – na pesquisa sobre personas, é fundamental avaliar quais são os meios e mídias que o seu público consome. Isso deve ser aproveitado para estabelecer se a sua estratégia usará blog corporativo, e-mail marketing, mídia paga, webinars, redes sociais, podcasts ou vídeos.
  • Determine metas e objetivos – é importante indicar algumas metas e objetivos que a sua corretora almeja alcançar. Para isso, devem ser estipulados prazos e resultados esperados para avaliar valores e esforços palpáveis e realistas.
  • Analise seu ambiente interno – aqui, a equipe de marketing deve abandonar conceitos prévios para tentar olhar a corretora com uma visão externa, como se fosse um cliente. Isso serve para garantir que as campanhas de marketing reflitam os valores e a identidade da empresa, além de corrigir eventuais desvios e gargalos.
  • Faça avaliações externas – também é interessante fazer uma sólida pesquisa de mercado para identificar valores, percepções do público, conhecimento dos concorrentes e os seus diferenciais.

O planejamento do marketing estratégico para corretoras não termina na entrega de um conteúdo para o público certo. Depois disso, é imprescindível mensurar os resultados para avaliar o retorno de campanhas e saber se o resultado esperado foi atingido.

Para executar esse planejamento com excelência, é preciso contar com um sistema de gestão completo, que possa automatizar processos e centralizar os dados da sua corretora. Isso permite que pessoas no cargo de gestão criem planos de ação para potencializar os resultados das suas campanhas e corrigir eventuais falhas.

E aí, o que você achou deste artigo? A sua corretora já tem um planejamento de marketing? Conta pra gente nos comentários desse post! 💬

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *